Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

01.12.18

Asas Carnais

Manu Hawk
Asas Carnais (por Manu Hawk) Você chegou devagar, quase sério quieto, meio irônico, verdadeiro.  Revirou tudo como um furacão  e acalmou...  Que poder é esse de revirar minha alma invadir meu corpo, e sorrir?  Suas palavras tateiam minha pele  deslizam em meus seios tomam meu corpo, me queimam acalmam, adormecem e depois alçam vôo... Suas asas brilham, exalam absinto fazem querer mais, saborear mais  sentir mais e mais... Volta!  Faça-me voar, me toma por inteiro, penetra Pr (...)
14.09.17

Toca...

Manu Hawk
Entre cordas e acordes, você toca... o corpo, a alma, e acorda! (Manu Hawk)
02.10.13

Voo Solitário

Manu Hawk
Gotas de orvalho caem nos corpos entorpecidos, cheiro de absinto exala da pele, um último olhar, ergo minhas asas alçando voo. Um voo solitário, em busca desesperada de abrigo em braços que saibam amar. (Manu Hawk)    
02.10.13

Dúvida

Manu Hawk
Sonho e realidade se fundiram, e confundiram minha mente. O que são sonhos? O que é realidade? Meus deliciosos sonhos não existem sem a realidade, e a louca realidade não sobrevive sem meus sonhos. Separados, uma eterna dúvida. Juntos, a solução! (Manu Hawk)
02.02.13

Rodeios

Manu Hawk
Como seria fácil se o verde fosse verde, o vermelho fosse vermelho, o azul fosse azul, e não existissem tantos nuances pra confundir. Como seria fácil e menos dolorido se usássemos menos floreios, menos rodeios, pra mostrar o que desejamos e sentimos! (Manu Hawk) 
24.12.12

Doce-amargo

Manu Hawk
Esse delicioso gosto doce-amargo, esse perfume na boca, essa sensação de veludo entre os dentes, esse arrepio na pele, esse santo-inferno que me encontro é o resultado de provar você. (Manu Hawk)