Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

30.07.09

Bom Dia Amor!

Manu Hawk
  Acordei com você sussurrando ao meu ouvido, nem me recordo direito o que falou, mas aquela voz gostosa me fez despertar. E acreditando que estava sonhando não abri os olhos, apenas sentia sua presença à cabeceira da cama, agora passando levemente os lábios no meu rosto e beijando. Virei e abri os olhos, não estava sonhando, seus olhos lindos me queimavam e um sorriso maravilhoso iluminou todo o (...)
19.04.09

Eternamente Meu

Manu Hawk
O nome "Hawk", que uso, vem do filme "Ladyhawke" (Feitiço de Áquila), pelo qual sou apaixonada, e sempre tive vontade de criar um poema inspirado no filme, na paixão de Isabeau & Navarre. Criei o poema "Eternamente Meu" alguns anos atrás, e agora criei o videopoema de mesmo nome. São cenas do filme editadas com meu poema. O poema foi inspirado num amor puro, desejado, e jamais tocado.   (Caso o vídeo fique travando após iniciar, pare a execução e espere (...)
16.04.09

Give Me This Moment

Manu Hawk
De braços abertos corro para você para a vida que chama suplica deseja arde ama De braços abertos quero seu corpo seus braços seus olhos suas mãos sua boca língua De braços abertos sinto seu desejo sua respiração sua excitação seu cheiro seu gosto pulsando fundo Vem... Não peça, cessa sem pressa, essa tara! Mata essa ansiedade rasgada, suada de ter você amado amigo! (por Manu Hawk - 16/08/2004)