Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

23.11.13

Velho Galpão

Manu Hawk
Todo fim de tarde o mesmo trajeto do trabalho para casa, o velho galpão no caminho, e você encostado na grade conversando com amigos. Fazendo hora, jogando conversa fora, sei lá, mas estavam sempre ali.   Cortar caminho pelo terreno do galpão era a melhor opção, chegava mais rápido a rua principal. E você estava sempre ali, no meio do caminho, nunca nos falamos, apenas (...)
02.02.13

Aroma de Canela

Manu Hawk
Aroma de Canela Fecho os olhos, pensando em você... O gosto de cereja com gotas de Martini ainda brincam na ponta da língua. No ar, o aroma de canela, desejo, tesão que só você exalava, e o som forte e gostoso de sua voz que acariciava meus ouvidos. Teu corpo quente envolve e preenche, fazendo a pele arrepiar... Que saudades do proibido de ter o inatingível mas que despertou sensações fortes como nenhum outro. (Manu Hawk)