Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

06.10.19

Sinfonia

Manu Hawk
A beleza do erotismo como uma sinfonia de emoções, representada em três poemas que criei ao som das cordas do maravilhoso John Petrucci!        
01.12.18

Asas Carnais

Manu Hawk
Asas Carnais (por Manu Hawk) Você chegou devagar, quase sério quieto, meio irônico, verdadeiro.  Revirou tudo como um furacão  e acalmou...  Que poder é esse de revirar minha alma invadir meu corpo, e sorrir?  Suas palavras tateiam minha pele  deslizam em meus seios tomam meu corpo, me queimam acalmam, adormecem e depois alçam vôo... Suas asas brilham, exalam absinto fazem querer mais, saborear mais  sentir mais e mais... Volta!  Faça-me voar, me toma por inteiro, penetra Pr (...)
31.05.17

Senryus Belíssimos de Rafael Jr!!!

Manu Hawk
Matando um pouco da saudade desse poeta querido, que no dia 13/05/2016 nos deixou. Assistam seu vídeo com Senryus belíssimos! Rafael Jr era e será eternamente um exagero de sensibilidade, lindamente suave e selvagem em seu erotismo, que mexe demais com nossas emoções!!! No vídeo ele nos passa suas emoções, inspiradas em telas belíssimas de grandes artistas!!!   Vale a pena assistir ao vídeo abaixo, e pra quem quiser ler mais do poeta, visite o blog dele: http://rabiscosrafaeljr.blogspot.com/ (...)
23.11.13

Velho Galpão

Manu Hawk
Todo fim de tarde o mesmo trajeto do trabalho para casa, o velho galpão no caminho, e você encostado na grade conversando com amigos. Fazendo hora, jogando conversa fora, sei lá, mas estavam sempre ali.   Cortar caminho pelo terreno do galpão era a melhor opção, chegava mais rápido a rua principal. E você estava sempre ali, no meio do caminho, nunca nos falamos, apenas (...)
11.11.13

Um Dia Qualquer...

Manu Hawk
Sábado/12h30min: Acordei cansada, mais uma noite péssima, sem dormir tranqüila, insone. No banho, ainda meio lenta, apoiei as mãos na parede, cabeça baixa, deixando a água deslizar pelo corpo. De repente despertei, lembrei que dia era, sim, como poderia ter esquecido? Rapidamente acabei o banho, corri para o telefone, precisava conferir a mensagem na secretária. 13h30min: Ao ouvir aquela voz confirmando o que queria, deixei meu corpo cair sobre a cama, sorri olhando para o teto. (...)
10.11.13

Sinfonia a Dois

Manu Hawk
  Sinfonia a Dois Dó...não, venha sem pena, Ré...não, não recue, vá em frente! Mi...mi...minha voz falha, não pare, Fá...faça, isso, segure a nota, respire, Sol...jorrando luz em todo meu interior, Lá...onde só você me faz chegar, Si...nfonia que executamos ao amar! (Manu Hawk)
10.11.13

Festa de Natal

Manu Hawk
Faltavam três dias para o Natal, fim de expediente, pessoas correndo, agitadas para dar os últimos retoques e não chegar atrasados na festa da empresa. Não era longe, apenas alguns andares abaixo, no salão de festas, mas perder cada minuto dessa festa grandiosa, onde pelo menos por um dia todos estariam sozinhos, seria um pecado! Acho que todos pensavam da mesma forma, e aguardavam ansiosos esse dia, pois "nessa" festa o acesso era permitido somente aos funcionários. Excelente (...)