Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

23.11.13

Velho Galpão

Manu Hawk
Todo fim de tarde o mesmo trajeto do trabalho para casa, o velho galpão no caminho, e você encostado na grade conversando com amigos. Fazendo hora, jogando conversa fora, sei lá, mas estavam sempre ali.   Cortar caminho pelo terreno do galpão era a melhor opção, chegava mais rápido a rua principal. E você estava sempre ali, no meio do caminho, nunca nos falamos, apenas (...)
02.02.13

Teus Cabelos

Manu Hawk
Esse poema vai em homenagem aos dois amigos queridos que tenho, que superaram barreiras, e entenderam que o amor está acima de tudo! O amor não tem cor, não tem religião, não tem sexo, todos nós temos o direito de viver intensamente!!! Teus Cabelos Apenas um segundo foi o tempo que levou pa (...)
16.07.11

Devaneio

Manu Hawk
Sonhei que poderia te alcançar tocar teu rosto enxugar tua lágrima ouvir tua voz sentir tuas mãos molhar tua boca apertar teu corpo num abraço forte intenso demorado desejado... Sonhei que poderia levitar desalinhar teus cabelos arranhar tuas costas roçar em tuas coxas b (...)