Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

11.08.10

Meu Erro

Manu Hawk
Poema escrito numa fase confusa, triste, deprimida, mas ao mesmo tempo tão intensa, deliciosamente sentida. Por que quando conseguimos voar, tentam nos tirar as esperanças? Por que quando temos esperanças, tentam nossas asas cortar?   Busquei-te no local errado, nas mãos erradas, no sorriso errado, no olhar errado, na boca errada, na voz errada, sim... No corpo errado, te busquei.   (...)
27.05.10

Brindar Você!

Manu Hawk
Especial Um brinde ao seu sorriso, um brinde ao seu corpo, um brinde ao seu olhar, um brinde à sua boca, um brinde à sua voz! Um, dois, mil, eternos brindes a você!   Passaria a vida a brindar esse sorriso que me ilumina, esse corpo que me completa, esse olhar que me queima, essa boca que me devora, esse desejo que me consome, de estar e ser por você!   Nesse momento, não vejo (...)
05.01.10

DesejoX Desejo

Manu Hawk
    O que fazer quando o desejo é maior que a razão? Quantas pessoas já não se imaginaram em situações inusitadas? Quantas tiveram coragem de levar adiante a imaginação? Quantas se arrependeram depois? Mas quantas se sentiram plenamente realizadas...     Fim de festa, taças e copos espalhados por mesas, canteiros, janelas, em todos os lugares... Agora somente os mais amigos estavam reunidos, (...)