Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

16.07.11

Devaneio

Manu Hawk
Sonhei que poderia te alcançar tocar teu rosto enxugar tua lágrima ouvir tua voz sentir tuas mãos molhar tua boca apertar teu corpo num abraço forte intenso demorado desejado... Sonhei que poderia levitar desalinhar teus cabelos arranhar tuas costas roçar em tuas coxas b (...)
09.07.11

Sinfonia

Manu Hawk
A beleza do erotismo representada em três poemas (Toque-me, Sinfonia, Sinfonia a Dois) que criei ao som das cordas do maravilhoso John Petrucci (Dream Theater). Kisses mil
30.12.10

Presente Ausente

Manu Hawk
Esse ano não pedi nenhum presente tudo que mais desejei foi paz. Você chegou num momento carente quando não me sentia capaz. Veio com esse sorriso lindo olhar verdejantemente safado voz calma, gostosa, me seduzindo coxas musculosas, corpo desejado! Da insônia fez-me noites de prazer mãos (...)
11.08.10

Meu Erro

Manu Hawk
Poema escrito numa fase confusa, triste, deprimida, mas ao mesmo tempo tão intensa, deliciosamente sentida. Por que quando conseguimos voar, tentam nos tirar as esperanças? Por que quando temos esperanças, tentam nossas asas cortar?   Busquei-te no local errado, nas mãos erradas, no sorriso errado, no olhar errado, na boca errada, na voz errada, sim... No corpo errado, te busquei.   (...)
11.07.10

Cores

Manu Hawk
  Mistura de cores odores e sabores passeio delicioso no teu corpo. Pele suada dourada acetinada retesada. Jogo de braços mãos e bocas toque suave doçura louca. Coxas roçando pernas enroscando corpos dançando penetrando gozando... Nessa louca mistura de amores que nossos sonhos insistem em traduzir em sabores odores cores!   (por Manu Hawk)