Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Manu Hawk em 12.06.14

Salve os Eternos Namorados!

  DeságuaSiga a fome do teu coraçãoesquece a razão!Tantas vezes chegou pertoe depois disse não...Vai, mergulha de cabeçasolta as amarraslibera esse tesãocrava as unhasnada com vontaden (...)
Manu Hawk em 11.11.13

Um Dia Qualquer...

Sábado/12h30min: Acordei cansada, mais uma noite péssima, sem dormir tranqüila, insone. No banho, ainda meio lenta, apoiei as mãos na parede, cabeça baixa, deixando a água deslizar pelo (...)
Manu Hawk em 02.02.13

Teus Cabelos

Esse poema vai em homenagem aos dois amigos queridos que tenho, que superaram barreiras, e entenderam que o amor está acima de tudo! O amor não tem cor, não tem religião, não tem sexo, (...)
Manu Hawk em 09.07.11

Sinfonia

A beleza do erotismo representada em três poemas (Toque-me, Sinfonia, Sinfonia a Dois) que criei ao som das cordas do maravilhoso John Petrucci (Dream Theater).Kisses mil
Manu Hawk em 14.11.13

Dias de Moto

Mais um dia chegou ao fim, e mais uma vez você reclamou meu atraso da mesma forma, parado no meio do corredor da empresa, apontando para o relógio! Engraçado que essa cena se repetiu (...)
Manu Hawk em 10.11.13

Festa de Natal

Faltavam três dias para o Natal, fim de expediente, pessoas correndo, agitadas para dar os últimos retoques e não chegar atrasados na festa da empresa. Não era longe, apenas alguns andares (...)
Manu Hawk em 02.02.13

Aroma de Canela

Aroma de Canela Fecho os olhos, pensando em você... O gosto de cereja com gotas de Martini ainda brincam na ponta da língua.No ar, o aroma de canela, desejo, tesão que só você exalava, e