Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Manu Hawk em 11.11.13

Um Dia Qualquer...

Sábado/12h30min: Acordei cansada, mais uma noite péssima, sem dormir tranqüila, insone. No banho, ainda meio lenta, apoiei as mãos na parede, cabeça baixa, deixando a água deslizar pelo (...)
Manu Hawk em 26.12.09

Sua Voz

Sua vozé linda, forte, máscula. Envolve, aquece, entontece. Fecho os olhos e o imagino sussurrando ao meu ouvido, sua (...)
Manu Hawk em 21.09.09

Deságua!

 Deságua Siga a fome do teu coração esquece a razão! Tantas vezes chegou perto e depois disse não... Vai, (...)
Manu Hawk em 14.11.13

Dias de Moto

Mais um dia chegou ao fim, e mais uma vez você reclamou meu atraso da mesma forma, parado no meio do corredor da empresa, apontando para o relógio! Engraçado que essa cena se repetiu (...)
Manu Hawk em 09.07.11

Sinfonia

A beleza do erotismo representada em três poemas (Toque-me, Sinfonia, Sinfonia a Dois) que criei ao som das cordas do maravilhoso John Petrucci (Dream Theater).Kisses mil
Manu Hawk em 11.07.10

Cores

  Mistura de cores odores e sabores passeio delicioso no teu corpo. Pele suada dourada acetinada retesada. Jogo de braços mãos e bocas
Manu Hawk em 24.12.09

Presente Ausente

Esse ano não pedi nenhum presente tudo que mais desejei foi paz. Você chegou num momento carente quando não me sentia capaz. Veio com esse sorriso lindo