Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Manu Hawk em 11.11.13

Um Dia Qualquer...

Sábado/12h30min: Acordei cansada, mais uma noite péssima, sem dormir tranqüila, insone. No banho, ainda meio lenta, apoiei as mãos na parede, cabeça baixa, deixando a água deslizar pelo (...)
Manu Hawk em 26.12.09

Sua Voz

Sua vozé linda, forte, máscula. Envolve, aquece, entontece. Fecho os olhos e o imagino sussurrando ao meu ouvido, sua (...)
Manu Hawk em 21.09.09

Deságua!

 DeságuaSiga a fome do teu coraçãoesquece a razão!Tantas vezes chegou pertoe depois disse não...Vai, mergulha de (...)
Manu Hawk em 14.11.13

Dias de Moto

Mais um dia chegou ao fim, e mais uma vez você reclamou meu atraso da mesma forma, parado no meio do corredor da empresa, apontando para o relógio! Engraçado que essa cena se repetiu (...)
Manu Hawk em 09.07.11

Sinfonia

A beleza do erotismo representada em três poemas (Toque-me, Sinfonia, Sinfonia a Dois) que criei ao som das cordas do maravilhoso John Petrucci (Dream Theater).Kisses mil
Manu Hawk em 11.07.10

Cores

 Mistura de cores odores e sabores passeio delicioso no teu corpo. Pele suada dourada acetinada retesada. Jogo de braços