Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Erotismo por Manu Hawk

Uso a poesia, o erotismo, como minha voz... Calada, contida.

Aroma de Canela

Aroma de Canela

Fecho os olhos, pensando em você...
O gosto de cereja com gotas de Martini
ainda brincam na ponta da língua.
No ar, o aroma de canela, desejo, tesão
que só você exalava, e
o som forte e gostoso de sua voz
que acariciava meus ouvidos.
Teu corpo quente envolve e preenche,
fazendo a pele arrepiar...
Que saudades do proibido
de ter o inatingível
mas que despertou sensações fortes
como nenhum outro.

(Manu Hawk)